top of page
  • Foto do escritorAlex Lima

O perigo da indecisão




Estavam reunidos na floresta, um pássaro, um peixe, um coelho e um pato. Conversavam sobre suas habilidades e modos de lidarem com as adversidades da vida.

Sobre a possível aproximação de um caçador, disse o pássaro:
– Ah, se um caçador aparecer eu saio voando como um foguete, com toda minha força e energia…

O peixe, por sua vez comentou sobre o assunto:
– Se aparecer um caçador, eu nado como nunca, com toda minha destreza e velocidade…

O coelho, ponderou:
– No meu caso, se um caçador aparecer “pernas prá que te quero”, 
corro como uma bala…

Demonstrando um certo ar de superioridade, devido a aparente limitação de seus companheiros, o pato deu um passo à frente e declarou:
– Se vier um caçador, eu não terei problemas em me safar, pois além de voar, sei nadar e correr. Farei qualquer uma dessas coisas, pois tenho várias habilidades, usarei a que for mais conveniente.

A conversa seguia seu rumo, quando de repente surgiu um caçador na floresta. Sem demoras o pássaro alçou voo. 
O peixe nadou rapidamente para o fundo do rio e o coelho saiu em disparada. O pato, porém, foi apanhado. Com tantas habilidades, não conseguiu definir a tempo a melhor estratégia de fuga.

 

As pessoas que são indecisas na vida, tentando ir em duas direções ao mesmo tempo, como por exemplo: entre o mundo e o Reino de Deus; são influenciadas facilmente por coisas alheias a fé, pois estão dividas dentro de si mesmas, não tendo nenhum rumo definido, são como um barco a deriva em um oceano!

Pessoas assim, não são instáveis apenas em assuntos espirituais, mas também em outras coisas relacionadas a sua vida. Pensem seriamente neste assunto e continuem sendo firmes e inabaláveis diante do Nosso Deus! 

 

“Ajuntou-se a ele gente vadia, homens malignos; fortificaram-se contra Roboão, filho de Salomão; sendo Roboão ainda jovem e indeciso, não lhes pôde resistir.” 2Cronicas 13:7

 

1 visualização0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Comentarios


bottom of page