Quem você é para Deus?



Nos dias do profeta Ezequiel o povo de Israel havia abandonado a fé se desviado para os deuses dos povos pagãos daquela época. Como consequência desse afastamento da fé, veio o sofrimento como também tem acontecido com muitos nos dias de hoje.

Como responsável espiritual daquele povo, o profeta Ezequiel vinha clamando para que Deus desse fim aquele sofrimento, mas para surpresa do profeta, Deus deu uma resposta que tem muito para nos ensinar: “…ainda que estivessem no meio dela estes três homens, Noé, Daniel e Jó, eles, pela sua justiça, salvariam apenas a sua própria vida, diz o SENHOR.” Ez 14:14 Deus mostrou que não adiantava o profeta clamar por aquele povo enquanto eles não abandonassem a idolatria e se voltassem arrependidos para Ele. Mas o que me chama a atenção foi a maneira que Deus usou para expressar essa recusa, afirmando que não faria isso nem que fosse pedido por esses 3 homens: Daniel, Noé e Jó. Sabe quando alguém lhe pede algo que você jamais faria e voce responde: “Nem se minha mãe me pedisse isso!” Normalmente a pessoa pensa em alguém que ela ama muito e seria incapaz de dizer não para usar como exemplo nessa expressão. E ao pensar em alguém que fosse tão importante para Ele e que dificilmente Deus diria não para essa pessoa, os que vieram a Sua mente foram Daniel, Noé e Jó.

Mas o que esses homens tinham de tão especiais para serem lembrados dessa maneira por Deus? Qual foi os milagres que eles fizeram? O grande diferencial deles não foi o que Deus fez para eles e sim o que eles fizeram para Deus, a maneira que eles consideravam a Deus!

Noé: Manteve-se fiel a Deus numa geração tão corrupta que Deus teve que elimina-la da face da Terra. Noé andou com Deus quando todos O recusavam.

Daniel: Considerou o seu compromisso com Deus (o voto que ele tinha de orar 3 vezes ao dia) mais importante do que a sua própria vida/existência, ao ponto de preferir ser lançado na cova dos leões do que voltar atrás com o voto que tinha com Deus.

Jó: Perdeu tudo sendo justo e não perdeu a fé. Porque uma coisa é você perder tudo quando errou, e outra coisa, é você ser justo, integro, reto e temente a Deus e passar por tudo o que ele passou sem blasfemar, mostrando que a sua fé em Deus era mais importante que os bens e filhos que ele perdeu.

Voce exige tanto que Deus seja com você, que as promessas Dele se cumpra em sua vida, mas Deus tem visto o mesmo da usa parte?


Fica aqui essa mensagem para você refletir!

Deus abençoe a todos!

Ouça diariamente pelas 23hs, a mensagem amiga do Bispo Macedo