Não corte a sua cruz!


Certo vez um rapaz aceitou a jornada de chegar ao Paraíso, mas que para chegar até lá, como fez o Senhor Jesus ele também deveria carregar uma cruz nas costas qualquer que fosse a distancia que ele tivesse de percorrer até o Paraíso.

E puseram a cruz em suas costas, ele achou um pouco pesada, mas dava pra carregar. E disseram-lhe:

– Você vai por esse caminho reto e vai sempre sem desviar-se ou parar pelo caminho, e nunca deixe a sua cruz pelo caminho, vá até o fim carregando a sua cruz.

Ele começou. A princípio a alegria era tão grande que a cruz não o incomodava, mas, conforme ele foi andando e o tempo foi passando a cruz começou a doer e ele foi trocando a cruz, ora para o lado direito, ora para o lado esquerdo, pois seus ombros já estavam machucados. Ele foi carregando, carregando, e pensando consigo: “Puxa até quando eu vou ter que carregar essa cruz? Será que falta muito pra chegar?”. Ele olhava para o topo, e o topo parecia muito distante.

Foi neste momento de cansaço que se aproximou um viajante que “na melhor das intenções” sugeriu: “Essa cruz é grande demais. Não precisa ser deste tamanho”. Então ele foi à ponta da cruz e cortou mais ou menos meio metro, colocou novamente a cruz sobre os ombros, e ela lhe pareceu mais leve. E falou: “Agora sim dá pra carregar” e continuou subindo por aquele caminho pra chegar até o topo.

Depois de andar alguns quilômetros a cruz lhe pareceu excessivamente pesada, novamente e disse: “Estou com as pernas doendo, os joelhos inchados, e está cruz está muito pesada. Se eu cortar mais um pedaço dela, vai ficar mais fácil para eu carregar”. Ele cortou mais um pedaço da cruz, colocou sobre os ombros e continuou a caminhada. E notou como a cruz tinha se tornado mais leve, ele andava mais depressa do que as outras pessoas que também carregavam as suas cruzes, porém intactas, ninguém havia cortado a cruz, somente ele. Ele se sentiu muito esperto e inteligente e sorria de satisfação com ele mesmo, dizendo: “Serei o primeiro a chegar”. Andando alguns quilômetros acima, o corpo todo dolorido, cansado, com sede, ele pensou: “Ainda está muito grande, e eu não vou me atrasar. Vou cortar mais um pedaço dela”. E cortou mais um bom pedaço de cada lado. Percebendo que a cruz estava leve colocou no ombro e foi carregando, e foi passando na frente de todo mundo que com dificuldade carregava uma cruz.

Ele foi o primeiro a chegar ao topo, e ficou todo feliz, porém, percebeu que o topo era o fim do caminho. Havia um abismo, e do outro lado do abismo o caminho continuava. Ele ficou observando aquele precipício. Até que chegou um dos que também carregavam uma cruz. Essa pessoa pegou sua cruz, e usando como ponte colocou-a de uma a outra extremidade do abismo e foi andando sobre ela. Ele percebeu então que o comprimento da cruz havia sido calculado precisamente, para que as pessoas que chegassem ao final da caminhada pudessem fazer a travessia. E tardiamente ele percebeu que a sua cruz agora não mais servia para ser usada como ponte. Porque ele havia cortado varias vezes e diminuído sua cruz.

Essa ilustração corresponde perfeitamente ao que Jesus disse: “Se alguém quer vir após mim, negue-se a si mesmo; e tome a cada dia a sua cruz, e siga-me”. Existe uma cruz a ser carregada. É uma cruz que o próprio Senhor Jesus carregou, Ele não recusou sua cruz. Ele suportou-a. Ele não reduziu um só pedaço dela, o Evangelho declara que aquela cruz não era feita de madeira e sim de pecados e que Cristo levou sobre si as nossas dores, as nossas enfermidades, as nossas iniquidades. E o Senhor Jesus não tirou um só pedaço da cruz, Ele não recusou pecado de uma só pessoa, assumiu o pecado de toda a humanidade.

Quando o Senhor Jesus diz: “Se alguém quer vir após mim, tome a cada dia a sua cruz e siga-me”, Ele sabe do que está falando. A cruz não é pra ser carregada de vez em quando, pois, o próprio Senhor Jesus especificou “tome a cada dia”, é todo dia, não é uma vez ou outra que você deve estar disposto a carregar sua cruz. Mas, todos os dias carregue sua cruz. E no final você irá conseguir fazer a grande travessia que vai te conduzir para a vida eterna.

Ouça diariamente pelas 23hs, a mensagem amiga do Bispo Macedo