Quando o desejo mata


"Maior é aquele que domina a si mesmo, do que aquele que toma uma cidade"(Provérbios 16:32).

Os esquimós possuem uma tática para caçar lobos bastante interessante. Eles costumam banhar uma lâmina afiada com sangue. E, logo a seguir enterram no gelo, para congelar o sangue. Depois, tornam a banhar em mais sangue, formando assim uma segunda camada.

Feito isso, enterram a lâmina, com a parte pontiaguda à mostra.

Não demora muito e atraído pelo faro, o lobo vê o sangue, sem perceber o perigo que ali se esconde, vai e começa a lamber o sangue congelado.

Quanto mais deseja aquele sangue, mais lambe, e assim chega a segunda camada. Mas há um momento que com a língua dormente, acaba por ferir-se, e após um tempo, não sabe distinguir entre o sangue congelado e seu próprio sangue.

Com hemorragia, o pobre animal não se dá conta de que está perdendo a vida, destruído pelo seu próprio apetite.

Infelizmente, está é a tática usada com frequência por Satanás para fisgar pessoas: Ele sabe que há caminhos que ao homem parece ser bom, mas que ao final, dão em caminhos de morte.

Muitos morrem pelo próprio desejo!

Não é à toa que o autor de Provérbios diz que "maior é quem domina a si mesmo, do que quem toma uma cidade"(Provérbios 16:32)

Ouça diariamente pelas 23hs, a mensagem amiga do Bispo Macedo