A carroça vazia


Certo dia, o pai caminhava pelo bosque com o filho e de repente disse:

- Vem vindo uma carroça.

O menino, surpreso, disse-lhe:

- Escuto a barulho do vento nas folhas das árvores, o canto dos pássaros, mas não ouço nenhuma carroça.

- Tente apurar os ouvidos e veja se consegue escutar. disse o pai.

E o menino, após alguns segundos de concentração, finalmente escutou:

- Sim, pai, ouço o barulho de uma carroça.

- Muito bem, é o barulho de uma carroça vazia- afirmou o pai.

O menino ficou mais uma vez surpreso. Como o pai podia saber que a carroça estava vazia sem nem ao menos vê-la? E perguntou-lhe:

- Como o senhor pode saber que está vazia?

- É fácil perceber pelo barulho que ela faz – respondeu o pai. Quanto mais vazia, maior é o barulho. Assim são também as pessoas, meu filho. Quanto mais falam, mais agridem os outros e não param para escutar, mas vazias são.

O menino cresceu e levou consigo este importante ensinamento:


Fale pouco, ouça mais e aprenda sempre!

Mantenha o equilíbrio e a serenidade em quaisquer situações.

Cuidado para não ser uma carroça vazia!


"O que guarda a boca e a língua guarda das angústias a sua alma." Provérbios 21:23

Ouça diariamente pelas 23hs, a mensagem amiga do Bispo Macedo