A Mente de Cristo


“Pois quem conheceu a mente do Senhor, que O possa instruir? Nós, porém, temos a mente de Cristo.” 1 Coríntios 2.16

Como negar o efeito transformador de caráter quando se possui a Men­te de Cristo? Não é questão de ser ou não religioso, nem de pertencer a uma determinada denominação; mas trata-se de nova mente, nova vida, nova criatura, novo homem.

O homem natural dá lugar ao homem espiritual; o homem egoísta dá lugar ao homem generoso; o homem malicioso dá lugar ao homem bon­doso. A mudança é brutal em todos os aspectos. Porém, a mais acentuada diz respeito aos relacionamentos, tanto em relação aos familiares e amigos, como em relação aos inimigos.

Veja a Mente de Jesus no Seu ensino:

“Ouvistes que foi dito: Amarás o teu próximo e odiarás o teu inimigo. Eu, porém, vos digo: amai os vossos inimigos e orai pelos que vos perse­guem” (Mateus 5.43,44).

E na Sua prática:

Contudo, Jesus dizia: Pai, perdoa-lhes, porque não sabem o que fazem” (Lucas 23.34).

Quem estaria disposto a amar os inimigos e perdoar seus assassinos, se não tivesse a Mente de Cristo ou o Espírito de Cristo?

Referindo-se a si mesmo e aos cristãos em Corinto, Paulo garante:

“Nós, porém, temos a mente de Cristo” (1 Coríntios 2.16).

Ouça diariamente pelas 23hs, a mensagem amiga do Bispo Macedo