A resposta do motorista


Os professores e profissionais liberais que alcançam sucesso em suas profissões costumam proferir palestras para audiências compostas, geralmente, de profissionais da mesma área. É curioso constatar que a mesma palestra proferida para audiências distintas provoca, por parte dos ouvintes, perguntas muito semelhantes. Assim foi que um economista brilhante percorria todo o país, proferindo sempre a mesma palestra sobre o tema "inflação".

Tinha o homem um fiel motorista que, por coincidência, tinha uma incrível semelhança física com ele. Os dois sempre iam juntos para todos os lados. Sem ter o que fazer durante aquelas duas horas de palestra, o motorista se juntava aos ouvintes, sentando-se bem na primeira fila, ouvindo atentamente, como se também economista fosse.

Foram tantas as vezes que ouviu as mesmas palavras e perguntas por parte da audiência que, um dia, atreveu-se a afirmar ao patrão que estava apto a proferir ele mesmo a palestra. O homem, já cansado de repetir o mesmo tema, pôs-se então a ouvir o motorista, e foi com surpresa que constatou que ele sabia mesmo tudo. Fez-lhe todas as perguntas de costume da audiência e o motorista, com a mesma fluência, respondeu a todas, sem pestanejar.

Convencido de que tinha arrumado um bom dublê, o economista passou então a usá-lo. A partir de então, eles se revezavam. Um dia um dava a palestra e o outro se sentava na primeira fila, como o motorista; no outro dia, trocavam.

Os dois se divertiam com a situação e tudo ia muito bem até que, em uma palestra ministrada pelo motorista, alguém; e levantou e fez uma pergunta que ninguém jamais tinha feito antes. O pobre motorista gelou. A pergunta era direta, clara inteligente, mas esta ele nunca tinha ouvido o patrão responder. Fez-se um silêncio profundo no auditório, enquanto todos aguardavam a resposta do emérito economista.

- Esta pergunta que o senhor me formula é, no seu conteúdo, tão simples de ser respondida que até o meu motorista, aqui sentado na primeira fila, tem condições de respondê-la! - Motorista, por favor, venha aqui ao microfone e dê ao senhor a resposta! - disse o angustiado motorista.


Tem sempre o dia em que o escondido é revelado. Ninguém pode sustentar uma farsa, por mais elaborada que tenha sido, diante dos olhos de Deus. Não foi Jesus quem disse "Não há nada escondido que não venha a ser revelado"? Lc 8:17



maiorca fm iurd
Ouça diariamente pelas 23hs, a mensagem amiga do Bispo Macedo.
E as 18:30hs o Programa Casos Reais 
  • Instagram
  • Facebook
  • Twitter
  • YouTube