Carta a igreja em Éfeso


“Ao anjo da igreja em Éfeso escreve: Estas coisas diz Aquele que conserva na mão direita as sete estrelas e que anda no meio dos sete candeeiros de ouro: Conheço as tuas obras, tanto o teu labor como a tua perseverança, e que não podes suportar homens maus, e que puseste a prova os que a si mesmo se declaram judeus e não são, e os achastes mentirosos, e tens perseverança, e suportaste provas por causa do meu nome, e não te deixaste esmorecer. Tenho porém contra ti que abandonaste o teu primeiro amor.” (Apocalipse 2:1-7).


Muitas pessoas vivem uma vida correta diante de Deus, pois não roubam, não adulteram, não mentem, não fazem nada de errado, mas o coração deles não tem sido totalmente leal ao Senhor. É o caso da igreja em Éfeso! Tinham obras, labor, perseverança, não suportavam homens maus, no entanto haviam abandonado o primeiro amor.

Aqueles que um dia passaram por esta experiência do primeiro amor sabem muito bem o que significa. No primeiro amor tudo é novidade, lindo e maravilhoso! Não há defeitos, censuras ou críticas. Tudo é perfeito. Havia um esforço sobrenatural no sentido de querer fazer os outros experimentarem o mesmo gozo no Espírito Santo, as ofertas eram as melhores, e dadas com muito mais alegria. Os dízimos refletiam fidelidade, e não obrigação.

Havia compreensão com os fracos na fé e o perdão transbordava, por causa do imenso amor. O Senhor Jesus era o primeiro em tudo. Não havia tempo para a poeira se acumular sobre a bíblia, esta pelo contrário era “surrada”, devido ao manuseio constante. E em todo o tempo havia comunhão com Deus, através da oração. Com o tempo, porém, muitos perdem esse primeiro amor, e é a partir daí que começam a surgir os defeitos, as críticas, as descobertas ingratas, as críticas, as cobranças, os desvios de conduta.

Fazer as coisas para Deus não é tão importante quanto ser uma pessoa de Deus. Na sua mensagem á primeira igreja o Senhor Jesus deixa isso muito claro: naquela igreja havia obras mas faltava o primeiro amor. Muitos cristãos tem vivido assim, infelizmente, preocupados em mostrar uma pessoa que ela não é, por isso não se preocupam com o seu o caráter diante de Deus. Esta igreja manifestava um trabalho quantitativo e não qualitativo, A quantidade de serviço apresentado por esta igreja não tinha qualidade porque lhe faltava o primeiro amor.

"Lembra-te, pois, de onde caíste, arrepende-te e volte a prática das primeiras obras..." (Ap 2:5). O arrependimento e a volta das primeiras obras eram a única forma deles voltarem a ser aceitos por Deus. A partir do momento que a pessoa se esforça na mudança de comportamento, o Espírito Santo entra em acção e faz acontecer a renovação.

"Quem tem ouvidos ouça o que o Espírito diz às igrejas: Ao vencedor, dar-lhe-ei que se alimente da árvore da vida que se encontra no paraíso de Deus." (Ap 2:7)





maiorca fm iurd
Ouça diariamente pelas 23hs, a mensagem amiga do Bispo Macedo.
E as 18:30hs o Programa Casos Reais 
  • Instagram
  • Facebook
  • Twitter
  • YouTube