Carta a igreja em Tiatira


“Ao anjo da igreja em Tiatira escreve: Estas cousas diz o Filho de Deus, que tem os olhos como chama de fogo, e os pés semelhantes ao bronze polido: Conheço as tuas obras, o teu amor, a tua fé, o teu serviço, a tua perseverança e as tuas últimas obras, mais numerosas do que as primeiras.

Tenho, porém, contra ti o tolerares que essa mulher, Jezabel, que a si mesma se declara profetisa, não somente ensine, mas ainda seduza os meus servos a praticarem a prostituição e a comerem cousas sacrificadas aos ídolos .

Dei-lhe tempo para que se arrependesse; ela, todavia, não quer arrepender-se da sua prostituição. Eis que a com ela adulteram, caso não se arrependam das obras que ela incita.

Matarei os seus filhos , e todas as igrejas conhecerão que Eu sou Aquele que sonda mente e corações, e vos darei a cada um segundo as vossas obras.

Digo, todavia, a vós outros, os demais de Tiatira, a tantos quantos não têm essa doutrina e que não conheceram, como eles dizem , as cousas profundas de Satanás: Outra carga não jogarei sobre vós; tão somente conservai o que tendes, até que Eu venha.

Ao vencedor, e ao que guarda até ao fim as minhas obras, Eu lhe darei autoridade sobre as nações, e com cetro de ferro as regerá, e as reduzirá a pedaços como se fossem objetos de barro; assim como também Eu recebi de meu Pai, dar-lhe-ei ainda a estrela da manhã.

Quem tem ouvidos, ouça o que o Espírito diz às igrejas.”

(Ap.2:18-29)


O Senhor Jesus reconhece que a igreja em Tiatira apresentava uma série de cousas que lhe agradam, tais como obras, amor, fé, serviço, perseverança, e as últimas obras mais numerosas do que as primeiras. Mas o grande erro era o de tolerar Jezabel em seu meio. É justamente aqui que se revela que uma intensa atividade pode também esconder um grande pecado!

Ainda que muitos servos pensem que suas obras possam justificar pecados escondidos, aqui o Senhor considera essa situação e a repudia. O pecado nunca pode ser justificado, perdoado ou mesmo encoberto por boas obras, por mais lindas e importantes que sejam! Mas, infelizmente isso é o que mais tem acontecido dentro da igreja de nosso Senhor, já que muitos, que tanto têm se dedicado a obra de Deus, tentando levar salvação aos outros, se esquecem de cuidar de si mesmos. O cristão pode até arranjar inúmeras razões para se justificar, e assim, tentar esconder a sua verdadeira condição espiritual, mas nada pode passar despercebido diante dos olhos do filho de Deus.

Quanto a sedução de Jezabel, não cremos que possa ser literalmente uma mulher, mas sim que representa uma situação, uma conduta diabólica que estava a colocar em risco até a salvação deles. Quando o Senhor Jesus faz referencia a Jezabel, é para que consideremos a história da vida dela em relação a Israel, e, a partir daí, possamos ter uma idéia do perigo que ela representa, não somente para a igreja em si, mas para cada cristão.

Muitas pessoas tem confessado uma fé cristã, mas tem vivido uma penúria de vida, casamento destruído, saúde abalada, ruína financeira, e etc. A verdade é que sempre há demônios operando por trás disso. Entretanto, eles não poderiam fazê-lo se não houvesse uma brecha, pois sempre há um motivo, uma causa por trás de um efeito. Tem acontecido de pessoas assim dizerem que não há nada de errado com elas, porém podem estar sendo influenciadas pelo espírito enganador de Jezabel.

Para aqueles que se firmaram contra a doutrina de Jezabel, o Senhor lhes prometeu: “Tão somente conservai o que tendes, até que Eu venha.” (Ap 2:25) Ele adverte muito seriamente: conservem o que têm, não se deixem corromper... Por quanto tempo? Até que o Senhor Jesus venha.

maiorca fm iurd
Ouça diariamente pelas 23hs, a mensagem amiga do Bispo Macedo.
E as 18:30hs o Programa Casos Reais 
  • Instagram
  • Facebook
  • Twitter
  • YouTube